Reino Unido vê no 2º trimestre a primeira contração econômica desde 2012

O produto interno bruto (PIB) do Reino Unido caiu 0,2% entre abril e junho, após ter crescido 0,5% no primeiro trimestre do ano, informou nesta sexta-feira o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS).

Na estimativa preliminar, a ONS constata a primeira contração da economia britânica desde 2012, pouco após o Banco da Inglaterra rebaixar as previsões anuais de crescimento pelo risco de um Brexit” sem acordo.

O setor manufatureiro foi o mais afetado durante esse período, com uma queda de 2,3%, depois de ter crescido nos primeiros meses do ano pela acumulação de reservas antes da saída da União Europeia (UE), originalmente prevista para 29 de março.

O conjunto do setor produtivo do Reino Unido se contraiu 1,4%, enquanto a construção caiu 1,3%. Os serviços foram o único setor que contribuiu de maneira positiva à economia britânica entre abril e junho, com um crescimento de 0,1%.

O cálculo preliminar do PIB do segundo trimestre está abaixo das expectativas da maioria dos analistas, que tinham previsto que o indicador se manterias plano, em 0%.

Após o anúncio da ONS, a libra esterlina caía 0,34% em relação ao euro, até 1,0819 euro, e 0,21% diante do dólar, até 1,2110 dólar, enquanto o índice principal na Bolsa de Londres, o FTSE-100, recuava 0,33%.

No início de agosto, o Banco da Inglaterra rebaixou a sua expectativa de crescimento anual de 1,5% para 1,3%, correção justificada pelas tensões comerciais globais e a incerteza provocada pela possibilidade de um Brexit não negociado.

Fonte: EF/ DW/ Lusa/ Paula Tooths