Premier League não retornará em 30 de abril

A Premier League, que organiza a primeira divisão do Campeonato Inglês, anunciou que a competição não será retomada em 30 de abril, como previsto inicialmente, e também que não há uma nova data estipulada, devido a pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com a liga, a disputa só terá reinício quando for “seguro e apropriada”, em período que está “sob contínua análise”.

A informação foi divulgada depois de uma reunião entre representantes da entidade, da EFL (que organiza da segunda até a quarta divisão) e da associação de jogadores.

“A Premier League está trabalhando em conjunto com todo o futebol profissional do país, assim como o governo e com agências públicas, para garantir que se chegue a uma solução colaborativa”, aponta comunicado.

Ainda de acordo com a liga, o objetivo de todos os envolvidos é que as partidas do Campeonato Inglês e da Copa da Inglaterra sejam disputadas integralmente, mas que isso só acontecerá com “apoio completo” das autoridades locais.

SALÁRIO DE JOGADORES.

Ainda nesta sexta-feira, ficou definido que a Premier League consultará os jogadores dos clubes locais sobre uma redução de 30% nos rendimentos anuais, diante do impacto econômico provocado pela pandemia da Covid-19.

De acordo com nota, a entidade que organiza a primeira divisão, junto com a EFL e o sindicato da categoria, concordaram unanimemente sobre dar voz aos atletas para que opinem.

“A medida estará constantemente sob avaliação, caso as circunstâncias mudem”, explica o texto.

O acordo foi divulgado horas depois que o ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, pediu que os jogadores de futebol tenham salários reduzidos como contribuição para a sociedade.

AJUDA AOS PEQUENOS.

Além disso, a Premier League votou unanimemente ajuda financeira aos clubes de divisões inferiores, como forma de auxiliar na garantia do futuro dessas competições. Um fundo de 125 milhões de libras (R$ 809,7 milhões), que será distribuído para “toda a pirâmide do futebol” local.

Fonte: EFE