Europa: março registou temperaturas tão quentes como em 2017 e 2019

Março registou temperaturas tão quentes como as do mesmo mês em 2017 e 2019, que foram o segundo e terceiro mais quentes, e na Europa de leste observaram-se valores muito acima da média, informou esta segunda-feira o Sistema Copérnico.

Estas são as conclusões da análise do Serviço de Alterações Climáticas de Copérnico (C3S), que registou que a temperatura global do planeta teve em março passado valores a par do segundo e terceiro mais quentes anotados nos anos 2017 e 2019.

Na Europa, de acordo com um comunicado do C3S, as temperaturas estavam próximas desses recordes ou ligeiramente abaixo da média nas zonas ocidentais e bem acima no mar Báltico e no Este europeu.

As temperaturas registaram também valores “muito acima da média” em grandes partes da Rússia e em algumas regiões da Ásia.

Enquanto isso, no leste e sul dos Estados Unidos, México, sul da América do Sul, África Central e Austrália ocidental, os valores foram superiores à temperatura média.

No norte e oeste do Canadá, Gronelândia, arquipélago ártico Svalbard e este da Antártida, as temperaturas foram “significativamente inferiores à média”.

O mapa e os valores dos dados citados foram obtidos graças ao sistema de conjunto de dados ERA5 do Serviço de Alterações Climáticas de Copérnico do Centro Europeu de Previsão Meteorológica a Médio Prazo (ECMWF).

De acordo com o C3S, as médias de área para a temperatura na região europeia são apenas para terras com os seguintes limites de longitude/latitude: 25W-40E, 34N-72N.

O C3S do sistema europeu Copérnico desenvolve relatórios mensais com as alterações na atmosfera, temperatura, permafrost e variáveis hidrológicas.

Estas conclusões foram obtidas após a análise de milhares de milhões de dados captados por satélites, barcos, aeronaves e estações em todo o mundo.

Fonte: EFE