Teste rápido de COVID-19 e consulta on-line com infectologista a custo acessível

ConectMed e Laboratório Saúde se uniram para oferecer consultas remotas com infectologista, coleta de material a domicílio e realização do teste rápido sorológico com resultados em até 24 horas

Com o objetivo de ampliar o acesso à saúde de qualidade, a ConectMed e o Laboratório Saúde se uniram para oferecer o teste rápido sorológico (ONE STEP COVID-19 TEST) com resultados em até 24 horas. “Todo o processo foi pensado para cuidar do paciente desde o primeiro contato com o médico infectologista até a coleta do exame que pode ser em domicílio”, afirma Frederico Lopes Moraes, sócio da empresa.

O valor de R$ 250 inclui a teleconsulta médica + teste rápido para COVID-19 e é subsidiado pelas empresas para ampliar o acesso dos pacientes aos testes e evitar sobrecarregar o sistema público de saúde. A iniciativa visa atendimento rápido, seguro e confortável, com suporte especializado em todas as fases. O teste rápido sorológico emprega a técnica de imunocromatografia, usada para detectar os anticorpos IgM e IgG no sangue do paciente.

“A coleta é feita pela punção capilar ou venosa e a amostra de sangue é testada com corantes reagentes. Esses anticorpos, que são relacionados ao COVID-19, devem ser pesquisados após 7 a 9 dias de sintomas e o maior diferencial desse método é que ele é bastante útil para testagens em maior escala, seja para diagnosticar a infecção em situações de declínio/oscilação da carga viral como em inquéritos epidemiológicos para entender melhor a pandemia. Mas assim como ocorre com outros testes rápidos, é importante a avaliação médica dos resultados devido à possibilidade de resultados falsos-negativos e falsos-positivos. A correlação clínica torna-se bastante importante nessas situações”, explica a diretora do Laboratório Saúde, Maria Ordália Ferro Barbosa.

Passos do atendimento

1 – Triagem eletrônica (formulário aqui) – O paciente responde a um questionário elaborado por infectologistas de acordo com as orientações do Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde. Informações como comorbidades, sintomas presentes, tempo de sintomas e faixa etária geram uma nota, baseada em um sistema de pontuação que determina os próximos passos.

2 – Agendamento – A secretária entra em contato para confirmar informações e entender o histórico clínico e social. É feito o agendamento com a médica infectologista e para a coleta do material em domicílio ou nas unidades do Laboratório Saúde nos setores Aeroporto e Nova Suíça.

3 – Resultado do exame e orientação – No mesmo dia, o Laboratório Saúde registra o resultado e encaminha para a ConectMed. O médico especialista define se o paciente precisa buscar uma unidade de saúde ou monitoramento em casa e qual será o período de duração do acompanhamento.

Opinião da especialista

O isolamento social também diminui a quantidade de pessoas nos pronto-atendimentos e nos hospitais para deixar esses locais apenas para os casos urgentes, por isso a médica infectologista Lissa Rodrigues acredita que a teleorientação e o telemonitoramento contribuem para que as pessoas que estão com sintomas leves não fiquem sem atendimento e, ao mesmo tempo, evitem sair de casa. “A experiência tem sido muito produtiva, interessante e gratificante por saber que posso ajudar e orientar as pessoas sem coloca-las em risco”, afirma.

Segundo ela, o teste rápido de COVID-19 está sendo muito utilizado para auxílio no diagnóstico de pacientes graves e internados com suspeita alta, que tenham tido resultado negativo no exame RT-PCR de SARS-COV2. “Ele também está sendo usado para confirmação diagnóstica em casos leves ou recuperados, auxiliando na decisão de retirada de isolamento, de acordo com indicação médica”, explica a infectologista.

Telemedicina ConectMed

Os atendimentos realizados pela ConectMed seguem todas as normas exigidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), com os protocolos de atendimento de acordo com cada especialidade. No caso do surto atual, a equipe médica está munida de uma ferramenta que permite visualização do paciente e acesso à área de registro de informações após a emissão do prontuário, receita e todos os demais procedimentos, incluindo a anamnese. “Depois de armazenados, esses dados são protegidos contra alterações para quaisquer consultas futuras, inclusive para questões jurídicas ou coisa do gênero. Resumindo, mais que uma simples consulta via uma aplicação como o Skype, é um formato próprio para o atendimento e tratativa na área da saúde”, explica o sócio Douglas di Bellis.