Coronavirus: príncipe belga testa positivo para COVID-19

O príncipe belga Joachim esteve numa festa em Córdoba, Espanha, que está a ser investigada pela polícia espanhola por ultrapassar o número permitido de participantes, que tiveram que ficar em quarentena depois do sobrinho do rei Philippe da Bélgica ter testado positivo para COVID-19.

Fontes do Palácio Real belga confirmaram que o príncipe Joachim, filho da princesa Astrid e do príncipe Lorenzo, viajou a Espanha no dia 24 de maio num voo comercial e com permissão de entrada no país, apesar das restrições devido à pandemia, pois iria realizar atividades empresariais.

A 26 de maio, Joachim participou numa “reunião” em Córdoba e, agora, deverá permanecer em quarentena em Espanha. Diversos jornais belgas informam que o príncipe, de 28 anos, tem um relacionamento de vários anos com a espanhola Victoria Ortiz Martinez-Sagrera.

A Polícia Nacional de Espanha investiga uma festa particular ilegal da alta sociedade na qual um turista estrangeiro, supostamente vinculado à família real belga, testou positivo para COVID-19, o que colocou todos os frequentadores em quarentena.

A festa reuniu 27 pessoas -o limite permitido é de apenas dez- da alta sociedade na cidade de Córdoba. No dia seguinte, um dos participantes, o príncipe belga, foi diagnosticado com a doença.

Fontes do governo regional da Andaluzia disseram que as autoridades colocaram a Polícia Nacional a par da situação devido à possibilidade de irregularidades terem sido cometidas na festa.

Fonte: EFE