Confiança dos consumidores e empresas da UE mostra ligeiras melhorias em maio

A confiança de consumidores e empresários da União Europeia (UE) registou em maio os primeiros sintomas de recuperação depois das fortes descidas de abril e maio, aumentando 2,9 pontos e ficar nos 66,7 durante o quinto mês do ano, segundo publicou esta quinta-feira a Comissão Europeia (CE).

O Indicador de Sentimento Económico elaborado pelo Executivo comunitário também cresceu 2,6 pontos na Zona Euro, chegando aos 67,5.

O índice tinha desabado em abril 29,3 pontos nos dezanove países que partilham a moeda única e 30,8 pontos nos vinte sete, as maiores quedas registadas desde 1985.

As expectativas de emprego também melhoraram durante maio, ao crescer 11,3 pontos na área do euro e na UE, embora estejam em valores historicamente baixos, de 70,2 e 70,9 pontos, respetivamente.

Na Zona Euro, o aumento no indicador de sentimento económico deveu-se à recuperação na confiança da indústria e consumidores, que neutralizou à volta de um quinto a caída combinada de março e abril, segundo indicou a Comissão em comunicado.

No entanto, a confiança nos serviços continuou a baixar, embora a um ritmo menos que nos dois meses anteriores.

Fonte: EFE