A nova PlayStation chega antes do Natal

Com um look futurista onde o branco e o preto aparecem como cores dominantes, mas também há toques de azul neon, a nova consola da PlayStation, vai ter duas versões, uma com a habitual drive para os discos dos videojogos e outra totalmente digital, que permite aos jogadores fazerem as suas escolhas através de transferências online.

Ainda sem data de lançamento nem preço definidos, a nova PS5 deverá chegar ao mercado a tempo do natal e o vídeo promocional agora divulgado pelo fabricante japonês adianta que os jogadores podem arrumar a consola na vertical, em vez da horizontal, de forma a facilitar a refrigeração do sistema.

Em causa na PS5, diz à BBC Jim Ryan, diretor executivo da Sony Interactive Entertainement (SIE), está “a maior transformação geracional da indústria de videojogos” e uma consola desenhada para ser, também, “um elemento decorativo da sala de estar”.

Para além do hardware de última geração e do controlo DualSense que promete uma resposta tátil mais sensível às situações de jogo, e dois gatilhos adaptáveis nos botões L2 e R2 para reproduzir diferentes níveis de pressão e tensão, a nova geração da consola será compatível com alguns jogos da PS4, incluindo os que ainda vão ser lançados este ano, tem uma GPU que suporta a tecnologia ray tracing, uma drive SSD no lugar do disco rígido, tecnologia áudio 3D que permite a saída dos sons em diferentes direções, aproximando o resultado do som ambiente e um CPU baseado na terceira geração do chip AMD e resolução 8k.

A par da divulgação de novos pormenores sobre a consola, a Sony apresentou mais de 20 jogos que vão acompanhar a PS5, num pacote que inclui o desenvolvimento do Homem Aranha da PS4 (2018) para o “Spider-Man: Miles Morales”, entre outros. A continuação de “Horizon Zero Dawn”, lançado como exclusivo em 2017 ainda não tem previsão de lançamento, mas sabe-se que a heroína Alloy partirá para o oeste em busca da fronteira americana. Entre os jogos desenvolvidos pela SIE Worldwide Studios com parceiros pontuam o Gran Turismo 7, Astro’s Playroom e Rift Apart. Relativamente a outros criadores, a Rockstar Games continuará a alinhar com Grand Theft Auto V e Grand Theft Auto Online e há, ainda, videojogos como HITMAN 3, NBA 2K21 ou Resident Evil Village (Capcom).

No seu blog, a fabricante japonesa apresenta a nova geração da PlayStation como uma oportunidade de inovar. “Por isso optamos por uma resposta tátil, que permite uma variedade de sensações poderosas durante o jogo, como a dureza de conduzir um carro na lama”, diz. “Também incorporámos gatilhos adaptáveis nos botões L2 e R2 do DualSense, para que possa sentir verdadeiramente a tensão das suas ações, como quando se dispara uma flecha com um arço”, sublinha. Sobre o disco rígido personalizado que permite reduzir o tempo de carregamento, acrescenta: “Na PS5, esperar para entrar em ação é coisa do passado”.

O botão Share (“compartilhar”) é substituído pelo Create (“criar”), apesar da descrição indicar que mantém a sua funcionalidade. E o novo controlo também terá um microfone embutido.

E, para a Sony, neste caso inovar também significa tentar reduzir o peso do controlo ampliando, ao mesmo tempo, o seu tempo de bateria. Quanto ao design, tudo foi pensado para que o controlo nas mãos do jogador se revele menor do que parece nas fotos.

Sobre o preço, ainda por definir, a primeira indicação poderá ter vindo da Amazon, que terá já indicado que a nova consola iria custar 599 libras, (667 euros). A Amazon corrigiu o que o mercado classificou como “um pequeno deslize” retirando rapidamente a publicação do ar, mas o valor foi replicado nas redes sociais através de capturas de ecrã realizadas quando estava online.

Fonte: Expresso