Comunidade Europeia: negociação de um plano billonário para relançar a sua economia

Os Chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE) iniciarão no 19 de Junho as negociações sobre um plano de recuperação billonário financiado com emissão de dívida conjunta, uma estratégia ambiciosa sem precedentes para tirar a economia europeia da profunda recessão provocada pela pandemia do coronavírus.

Os países discordam em vários pontos da proposta apresentada pela Comissão Europeia em Maio, mas concordam que ela pode servir de base de negociação e que é necessária uma resposta conjunta face a uma crise que ameaça desmembrar o mercado único.

QUAL É O PLANO?

A estratégia proposta pela Comissão está ancorada num orçamento comunitário para o período 2021-2027, que seria dotado de 1,1 mil milhões de euros. Com o apoio deste orçamento, a Comissão emitiria dívida nos mercados para financiar um fundo de recuperação.

Este fundo, a peça central do plano, teria 750 mil milhões de euros a distribuir pelos Estados através dos programas do orçamento até 2024, dos quais 500 mil milhões sob a forma de subvenções não reembolsáveis e 250 mil milhões sob a forma de empréstimos.

Fonte: EFE