Aplicativo inédito “Alívio Coronavírus” é lançado para educar sobre os cuidados durante a pandemia

Desenvolvido com o apoio do Núcleo de Inovação Tecnológica da Faculdade de Medicina de Jundiaí (SP), o app gratuito traz 400 questões sobre o vírus, 50 delas dedicadas às crianças

Brasil, julho de 2020 – Com foco nas medidas de prevenção ao Covid19 e seguindo as diretrizes da Organização Mundial de Saúde – OMS, nasceu o exclusivo Aplicativo ‘Alívio Coronavírus’, jogo destinado a adultos e crianças, que visa informar corretamente e de maneira lúdica sobre os cuidados necessários de combate à pandemia e dados que demonstram a evidente ameaça que este vírus representa para todos. O app é gratuito e não têm fins lucrativos.

“As mídias têm informado sobre o Coronavírus, porém não educam. Muitas pessoas ainda estão confusas e não perceberam a gravidade do vírus e a ameaça que representa para todos e como pode se alastrar rapidamente contagiando a pessoa e a sua família. Este é um momento de educar. O app esclarece e instrui usando uma linguagem acessível de forma muito simples, e ainda possibilita ao jogador testar o seu conhecimento do vírus e a Covid19 ‘se divertindo’”, conta o criador do ‘Alívio Coronavírus’, Julio Troncoso, consultor e pesquisador. O aplicativo tem objetivo puramente filantrópico. “Espero ajudar o maior número de pessoas a realmente tomar medidas que previnam a doença”.

O novo aplicativo é um lançamento do Dor Crônica – O Blog, projeto filantrópico de educação em dor no Brasil, idealizado por Julio, PhD em Comportamento pela Cornell University (EUA); com consultoria de Rosana Pereira, administradora de empresas com pós-graduação na Fundação Getúlio Vargas. O app tem o apoio institucional da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ).

Segundo a dra. Ana Carolina Marchesini de Camargo, vice-diretora da FMJ, mestre e doutora em Medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP, onde é professora adjunta da disciplina de Ginecologia – o aplicativo é uma ferramenta educativa que ajuda a orientar sobre os riscos, medidas de proteção, mitos e verdades sobre o Coronavírus, entre outros, e abrange assuntos de interesse da população em geral, de forma agradável.

O app será o primeiro produto do Núcleo de Inovação Tecnológica da FMJ, criado este ano e que está integrado à proposta da Prefeitura Municipal de Jundiaí em conceber um ecossistema de tecnologia e inovação.

Criado em parceria com a empresa Overtime Studios, o novo app tem 400 afirmações e permite jogar sozinho ou com um oponente. Cada jogada dura em torno de 15 segundos. O jogador avalia cada afirmação em termos de Verdadeira ou Falsa e a resposta correta é fornecida em seguida, acompanhada de uma explicação científica. Acertos e erros significam avançar em um tabuleiro virtual ou retroceder no percurso, com o número de casas dado aleatoriamente por uma roleta.

Essas são algumas das afirmações do jogo, escritas ou faladas para os adultos, pais, educadores e à população no geral:
– A pessoa que teve Covid19 e melhorou dos sintomas, pode infectar outros.
– O sintoma mais claro de que a pessoa pegou o Coronavírus é a falta de ar.
– O vírus pode permanecer viável em aerossóis por até 3 horas.

Cinquenta destas questões são dedicadas às crianças com abordagem especial: são ilustrações de autoria de Sergio Xavier de Lima e todas as perguntas são faladas, entre elas:
– A gente sabe que pegou o vírus porque fica tossindo.
– Cumprimentar com beijinhos ou apertando as mãos, pode transmitir o vírus.
– Assim que a quarentena acabar, vou poder abraçar os meus pais, os meus amigos.
– Resfriado, gripe e coronavírus é tudo a mesma coisa.

Com informações fundamentais, o aplicativo esclarece sobre o que é o vírus, como ataca o corpo, como é transmitido, quais os sintomas e o que fazer diante deles, as medidas de contenção, os testes de diagnóstico, as vacinas em curso, entre várias outras questões.

“A montagem do banco de dados foi um desafio, pois antes de produzir o aplicativo pesquisei muito de fontes seguras e sérias (Nature, The Lancet, Organização Mundial da Saúde, Centers for Disease Control and Prevention, PubMed…). E os estudos continuarão, pois as afirmações serão constantemente atualizadas”, conta o Julio. O conteúdo do app foi revisado por Dr. Jaime Olavo Marquez, neurologista e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Estudos da Dor; e pela Dra. Patrícia Bonazzi, infectologista da FMJ.

O aplicativo ‘Alívio Coronavírus’ está disponível gratuitamente no Google Play para celulares Android: https://bit.ly/alivio-coronavirus. E em breve poderá estar também no Apple Store.

Sobre Julio Troncoso – Estudioso da área de dor, criador do Dor Crônica – O Blog, já lançou 10 e-books e dois aplicativos relacionados à esta temática. Após sofrer por 25 anos de dor cervical, passou a se dedicar a pesquisa sobre dor crônica, e assim desenvolveu uma estratégia de vida e um tratamento multifatorial capaz de controlá-la. É membro da SBED – Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor e da ABCT – Association for Behavioural and Cognitive Therapies, USA e do WIP – World Institute of Pain, Troncoso é um pesquisador profissional e o fato de falar quatro idiomas facilitou interpretar, compilar e analisar as mais diversas pesquisas realizadas no mundo sobre a dor feminina e o viés de gênero na saúde, e trazer como resultado o e-book ‘O Paradoxo de Eva’, juntamente com o aplicativo gratuito ‘Alívio Mulher’, jogo inédito no mundo e exclusivamente sobre dores femininas. ‘Alívio Coronavírus’ é o terceiro aplicativo desenvolvido por Troncoso, que realiza seus projetos com um único objetivo: ajudar educando na área de saúde.

Dor Crônica – O Blog (https://dorcronica.blog.br) – projeto filantrópico de educação em dor no Brasil, que abriga artigos, posts, e-books, vídeos, questionários médicos, aplicativos, cartuns, lâminas pedagógicas e outros conteúdos de redes sociais, entre outros. O blog faz em média cinco postagens semanais sobre um assunto que, segundo avalia Troncoso, tem poucas publicações, pouca fonte de informação e não é valorizado nas instituições formadoras de profissionais de saúde. “Este projeto é dedicado a ajudar a construir uma consciência sobre Dor Crônica”, explica.

Blog:  https://dorcronica.blog.br
Facebook:  @dorcronicablog // Instagram: @blogdorcronica // Linkedin: blogdor
Canal no Youtube: Blog Dor Crônica