O aborto e os “heróis da vida”

Estou aqui, olhando toda essa gente tentando impedir que façam o aborto em uma CRIANÇA de 10 anos de idade que foi estuprada pelo tio, dizem querer salvar a vida do bebê, MAS esses mesmos que se dizem ser “A FAVOR DA VIDA”, são os mesmo que NÃO ESTÃO NEM AI PARA AS VIDAS que estão nas ruas sem abrigo, com frio, sede e fome.

Esses “heróis da vida” são os mesmo que fecham o vidro do carro para o vendedor de pano, de bala, artistas de rua, todos estes que estão ali fazendo o que podem, de maneira digna, para conseguirem sobreviver. São os mesmo que passeiam nas ruas e desviam do rapaz ou da mulher que dorme na calçada. São os mesmo que fazem PASSEATAS NAS RUAS por algo que abraçaram só para estar na multidão e poder dizer “EU ESTAVA LÁ”.

Ora. Heróis da vida deveriam ser a favor de todas as vidas ou somente da que está exposta nas manchetes de jornais?

Hipócritas e oportunistas de todos os dias que visitam comunidades com roupas estampadas com dizeres “SOLIDARIEDADE”, mas nem um café com pão tem a coragem de levar para as familias tomarem após ouvirem um “excelente sermão”.

Milhares de pessoas ignoram VIDAS todos os dias, MAS quando surge uma oportunidade de se promover em algo que passam o ano todo ignorando, AI SIM ELES SÃO “A FAVOR DA VIDA”.

Este “heróis da vida” chamaram uma criança de 10 anos de idade de assassina, por estar tentando tirar do seu ventre o fruto de uma violência que, possivelmente, ela jamais esquecerá, será uma criança traumatizada e, em algum momento de sua vida, chegará até a pensar em suicídio.

Se você segue essa manada, também não passa de mais um hipócrita oportunista.

*Autor Lyu Somah

Email  lyusomah@gmail.com