Vereador Mauro Rubem encaminhará reinvindicações de trabalhadores da Saúde ao Paço

Vereador por Goiânia, Mauro Rubem - foto: Alex Katira

Goiânia-GO, janeiro de 2020 – O vereador Mauro Rubem (PT), também presidente da Comissão de Saúde e Serviço Social, da Câmara Municipal de Goiânia, participa de uma reunião, nesta sexta-feira (15), com o prefeito Rogério Cruz para apresentar as reivindicações dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE), recebidas pelo vereador na manhã de hoje (12), em reunião na Câmara Municipal.

A proposta recebida pelo vereador nesta terça-feira prevê a alteração da  Lei Municipal nº 8.916/2010, que passaria a incluir estes agentes no plano de cargos, carreiras e vencimentos dos servidores do quadro permanente da Função Saúde de Goiânia. Atualmente, os ACS e ACE são os únicos trabalhadores  do quadro permanente da Função Saúde do município de Goiânia dispensados da lei.

“ACE e ACS são peça chave em Goiânia para o controle e prevenção de doenças nos municípios, principalmente durante a pior crise sanitária dos últimos cem anos. É injusto que, além de receberem baixos salários, mesmo exercendo uma função de constante exposição, sejam os únicos excluídos do plano de carreira. É preciso aplicar o incentivo funcional para estes profissionais que buscam constantemente qualificar o nosso SUS e cuidam da saúde coletiva da cidade”, enfatizou o vereador Mauro Rubem.

Cerca de 30 agentes participaram da reunião na Câmara com Mauro Rubem, representando os distritos Norte, Sul, Leste, Oeste, Noroeste e Campinas-Centro.

Os profissionais lembraram o termo de compromisso firmado com o prefeito Maguito Vilela e o prefeito em exercício Rogério Cruz durante a campanha eleitoral para que a gestão, caso eleita, cumpriria com esta proposta de inclusão dos agentes na Lei. “A partir desse termo assinado, cabe a nós cobrar que ele seja efetivado. A prefeitura depende diretamente da gente, o município está recebendo as verbas federais pelo nosso trabalho, mas nós não estamos recebendo nem pela insalubridade”, afirma Aliandro Paulo, agente de saúde há oito anos e diretor do Sindsaúde.

Os agentes têm um papel relevante no funcionamento do SUS, com a presença ativa nos domicílios goianienses, utilizando de ferramentas da educação popular em saúde, mobilizando comunidades para ações tanto de saúde quanto socioambientais e cumprindo assim, uma função chave na saúde coletiva, principalmente durante a pandemia.